domingo, 12 de julho de 2015

Winx Club 7x08: Back in the Middle Ages [Comentários]


Foi um bom episódio. Não teve muita ação como a maioria dos outros, mas ele foi mais uma preparação para o próximo, assim como o 6º.
Ele começa em Alfea, com Flora, Aisha, seus animais e namorados. Particularmente achei que perdemos muito tempo nessa cena (e na viagem do Brafilius), mas talvez seja só impressão causada pela minha irritação com o Squonk. Não aguento mais essas cenas de choro! E elas devem piorar quando todos os animais estiverem juntos em Alfea. Só espero que esses ataques não continuem na 2ª parte da temporada.
Gosto do Amarok, ele me lembra um cachorro que eu tive, mas preferia que ele se comportasse mais como um lobo. De qualquer forma, a impaciência da Flora com ele não combina muito com a personagem. Na verdade, muitas atitudes dela nessa temporada estão estranhas, principalmente em relação ao Helia. Parece outra personagem...
Sobre a viagem, acho que demoramos muito a entrar no clima da Idade Média, mas o enredo continua no próximo episódio. De qualquer forma, essa tem tudo pra ser minha viagem no tempo preferida em termos de ambientação. Principalmente pelos diversos personagens que criaram, o que geralmente enriquece qualquer trama.
A existência de uma trupe superou minhas expectativas. Pensei que seria só o Orlando a interagir com as Winx. Felizmente estava enganada. A caracterização dele como menestrel que participa de uma trupe de artistas combinou bem com a época e se encaixou perfeitamente com o enredo. Mas achei o personagem meio bobo, talvez por seu sorriso idiota. Podiam ter caprichado mais na sua aparência e principalmente na sua personalidade.
Não gostei de Musa parecer interessada nele tão rapidamente. Ele não é lindo e o fato dele fazer música não devia ser suficiente para ela se interessar tão rápido. Definitivamente eles não tem nada a ver! Mas talvez eu esteja pensando na Musa de verdade, naquela das 4 primeiras temporadas, que nunca se interessaria por alguém tão sem graça. De qualquer forma, a relação deles não passará de um flerte, já que ele ficará no passado. #VoltaRiven!
Achei estranho o Quillcat ser tão temido. Tudo bem que ele lança uns espinhos, mas isso não é nada demais. Os guardas tem machados! rs A situação teria sido mais crível se ele crescesse como o "Cangourmet". rs De qualquer forma, adorei Critty e sua natureza feroz. Só espero que ela não mude e vire um gatinho manso em Alfea. rs
Todas as Winx pareceram mais preocupadas com a Critty do que Musa. Ela não moveu um dedo para deter os guardas! Na minha opinião Musa deveria ser uma das mais preocupadas com ela desde o início, já que elas terão uma ligação e foi assim com os outros animais e suas respectivas Winx, mas fazer o que...
De resto, achei os figurinos bonitos e coerentes com a época, mas todos ficaram muito parecidos. Uma pena... Sei que os desenhistas tem tido muito trabalho, mas essa semelhança toda é muito chata. Preferia menos figurinos com mais personalidade do que muitos sem individualidade, mas infelizmente isso não deve mudar nunca mais no desenho.

[Atualizado] A população não tinha medo do Quillcat especificamente e sim de qualquer criatura mágica. Ele estava sendo perseguido porque o uso de magia era proibido na região. Obviamente o enredo ficou melhor assim, mas continuo achando estranho os guardas terem medo da Critty. Ela é tão pequenina e só lança uns espinhos. rs

No próximo episódio, Brafilius tentará descobrir se Critty é o animal com a primeira cor do universo (obviamente não é) e as Winx participarão de uma apresentação com a trupe do Orlando, com figurinos bem parecidos entre si e asas no formato de pipas. rs
Ansiosa para ver o poder Butterflix especial da Musa e sua ligação com Critty... ♥

Obs. Esse post era do episódio em hebraico, mas o vídeo foi excluído.