segunda-feira, 14 de novembro de 2016

World of Winx 1x11: Sombras na Neve





Foi um bom episódio. No nível do anterior. E novamente tivemos dois enredos simultâneos, um exclusivo da Bloom.
O episódio começa com Jim explicando que o relógio é dele, que o perdeu tentando proteger a Annabelle e por isso voltou para procurá-lo. Que está se escondendo dos servos da Rainha do Mundo dos Sonhos e que tentou se rebelar contra ela sem sucesso. Que não sabe porque a Rainha está raptando os talentos, mas que com a ajuda da Bloom eles podem libertá-los e derrotá-la.
Jim sugere o Relojoeiro, o melhor do mundo que vive nos Alpes Suíços, para consertar o relógio. E faz um alerta. Eles tem que chegar ao Relojoeiro antes da Rainha. Como assim? O relógio tinha acabado de quebrar. Como ela saberia que eles iriam para lá?
Bloom resolve ir com ele mesmo não confiando plenamente na sua história. E incrivelmente nenhuma Winx se oferece para ir com ela, apesar de parecerem preocupadas. Isso não fez o menor sentido. Mesmo com essa palhaçada das cinco terem presença obrigatória no reality show, algumas já se livraram antes. Será que os roteiristas não lembram do 2º episódio? Esse era o momento ideal para uma melhor divisão, já que proteger um talento é bem menos perigoso do que acompanhar um indivíduo suspeito até um local desconhecido. Não era, mas podia ter sido uma armadilha dele.
Smee coloca algumas armadilhas no caminho de Bloom e Jim, confirmando que o alerta sobre a Rainha tinha fundamento. Na minha opinião, não tinha como ele ter certeza que a Rainha sabia que eles procurariam o Relojoeiro. Só se ele fosse aliado dela, o que não é. Mas podemos concluir que ele deduziu isso porque sabia que estava sendo vigiado. E o desfecho do episódio, com Jim e Bloom cercados por Smee e os Piratas Zumbis, confirma que ele e a Rainha são inimigos.
Adorei ver Jim dando recomendações à Bloom e ela se irritando com isso. "Dá pra parar de me dar ordens!" Morri de rir... kkk Agora ela sabe o que as outras Winx, ou melhor, os fãs das outras Winx sentem. rs Queria tanto que algumas Winx falassem o mesmo para ela em situações parecidas. Pena que os roteiristas nunca farão isso...
No outro enredo, as Winx tem um visão com um talento que coincidentemente também está nos Alpes Suíços. Não precisava de cinco Winx para protegê-la, tanto que três (Flora, Musa e Tecna) só serviram para serem salvas.
Foi engraçado ver a Aisha (fluídos/água) detendo duas Criaturas das Sombras com a maior facilidade do mundo enquanto Stella (luz) teve um certo trabalho. rs E foi mais engraçado ainda ver Musa gritando "Floooora" e a dubladora brasileira dizendo "Vão embooora". Ri muito... kkk Sabemos que às vezes a dublagem tem que ser diferente para 'encaixar', o que não foi o caso, mas as alterações não podem mudar o sentido. Por que Musa pediria para as Criaturas irem embora ao invés de atacá-las? Por acaso elas iriam obedecer? rs Mas isso me fez refletir sobre quais outras situações não fazem sentido por culpa da dublagem. Vi essa por acaso porque a legenda estava ativada e frases curtas chamam muita atenção quando diferentes.
Gostei do enredo da Silke. Ela foi a única a perseguir um sonho para o qual não tinha nenhum talento. Foi interessante vê-la concluir que não estava preparada e desistir. Passou uma boa mensagem. Só acho que não fez sentido alguém que mal consegue ficar em pé na prancha participar de um campeonato internacional de Snowboard, ainda por cima na Mega Rampa. Como ela se classificou? rs
Silke não tem talento para o Snowboard, mas as Winx tiveram a visão com ela. Isso significa que ela descobrirá seu verdadeiro talento em breve. E o Jim deu a dica no final. Ela deve ser a aprendiz do Relojoeiro.
Aisha foi a Winx que mais se relacionou com a Silke, o que fez todo o sentido. Só acho um pouco injusto que algumas Winx tenham tido mais de um talento e outras não. Talvez isso seja corrigido na segunda parte/temporada, mas sabemos que a Rainbow não se importa com desigualdades. Muito pelo contrário.
Bloom foi a Winx que mais participou do episódio. Essa foi a segunda maior participação dela até aqui, só perdendo para a do 6º episódio. No enredo paralelo, Aisha teve uma grande participação, seguida por Stella. Elas também foram as Winx mais focadas do episódio anterior. Não gosto quando isso acontece, prefiro que haja um revezamento de foco, mas os roteiristas não se importam com isso.
Musa teve uma participação bem pequena (5/6 falas) e foi a única a não utilizar seu Poder Dreamix, mas tecnicamente não chegou a ser excluída. Infelizmente não podemos dizer o mesmo de Flora (3) e Tecna (2). Até Roxy, que só participou de uma cena, teve mais falas que elas. Detesto isso...


Spoilers
Quando vi esse episódio pela primeira vez, achava que o Jim seria um vilão por causa do seu sorriso suspeito no final do anterior. Tive quase certeza de que ele era um vilão quando disse que tentava proteger Annabelle, o que não combinava com suas atitudes, mas as armadilhas do Smee me deixaram em dúvida. Porém algo aparentemente insignificante na cena do teleférico acabou com ela. Reparei que o casaco do Jim tinha o desenho de um enorme gancho, então ele só poderia ser o vilão Capitão Gancho. A camisa que ele usava no início também tinha um gancho, mas não tinha chamado minha atenção.
Fiquei com tanta raiva de ter descoberto a identidade dele antes do final por causa de um detalhe tão estúpido. Era a única "surpresa" que ainda podíamos ter, pois já sabíamos que a Rainha era a Tinker Bell por causa da sinopse completa (link). Porém, a culpa não foi da Rainbow. Claro que é ridículo terem colocado a dica do gancho na roupa, mas nunca suspeitaríamos da real identidade do Jim se não tivéssemos tido acesso a uma sinopse que não foi divulgada para os fãs. É isso que dá gostar tanto de spoilers...