quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Live-action: Um Novo Desafio


Entrevista com Iginio Straffi

Poderíamos talvez ver as Winx em carne e osso em algum momento?
É um dos meus sonhos e penso que dentro de uma década poderia acontecer. Espero que alguém me proponha uma co-produção para um live action das Winx, com uma versão à la "Maleficent".

Pensa então em uma versão para adultos?
Sim. Se os americanos tiveram sucesso com Scooby Doo e Os Smurfs porque não com as Winx, que são mais maduras que Harry Potter e mais ou menos como Spider Man?


Adorei as respostas! rs Que fã não gostaria de uma versão live-action das Winx no nível de "Malévola"? Gostei de saber que o Iginio sonha alto. Tem que ser assim mesmo. Se não for pra criar um live-action de qualidade, melhor continuar fazendo só animação. Espero que algum dia ele realize esse sonho.
Em teoria as Winx até podem ser mais maduras que os personagens de Harry Potter, mas na prática elas não agem assim. Talvez em World of Winx...


Obs. Na entrevista Iginio fala sobre a Rainbow, sobre a dificuldade de se fazer cinema, sobre outras séries e projetos... O ponto mais interessante após o live-action das Winx, é quando ele responde sobre um momento crítico. Ele conta que jogou fora o primeiro episódio de Winx Club na íntegra porque não o satisfez, embora já aprovado pelos co-produtores: "Foi um momento muito dramático. Eu não tinha certeza de que aquele piloto, com aqueles personagens, aqueles gráficos, seria forte o suficiente para o mercado. Depois de dias de desespero geral nasceram as Winx, com sua mistura explosiva de gráficos, música, moda e magia. O produto anterior parecia apenas mais um cartoon para japoneses, só um pouco mais refinado, mas nada daquilo que se tornou então as Winx".