sexta-feira, 26 de junho de 2015

Winx Club 7x03: Butterflix [Legendado PT-BR]


Achei o episódio regular. Ele teve muita informação, então vou tentar focar nos principais acontecimentos e no final farei algumas observações gerais.
A trama da Kalshara para pegar o livro foi legal, mas na minha opinião ela não precisava da Faragonda para isso.
O Tomo da Natureza diz que o primeiro passo para alcançar o poder supremo é encontrar uma fonte natural da magia selvagem. O mapa leva Kalshara até o hall dos animais fadas, o mesmo que no futuro será o hall das memórias. Ela absorve praticamente toda a magia da sala, pega uma centelha para o irmão e descobre que as toupeiras são a chave para o poder supremo dos animais fada. Aparentemente, uma pequena parte da magia ficou preservada numa estátua de toupeira.
Agora Kalshara é uma metamorfa mestre e obriga o irmão a aceitar parte da magia selvagem, transformando-o numa espécie de cachorro. Continuo não gostando dela ter se transformado e envelhecido ao mesmo tempo. Gostaria de vê-la jovem com esse aspecto felino. Mas deve ser efeito de tanta magia. rs Já Brafilius era mais velho, logo não percebemos mudanças significativas de idade. Só acho que ele podia ter se transformado em algo melhor, mas ele já era meio abobalhado antes.
Kalshara agora só precisa de uma toupeira e é aí que o enredo começa a desandar. Ao invés dela, a toda poderosa metamorfa mestre, pegar uma entre tantas toupeiras disponíveis, ela resolve dar a tarefa ao Brafilius. Por que?! Parece até que queria que desse errado. rs E ela só fica olhando, esperando o desenrolar dos acontecimentos. Com isso as Winx chegam e se transformam. Então Brafilius cria um monstro enorme só para pegar uma mísera toupeira. Se ele tem poder para criar isso, tem para pegar uma delas num piscar de olhos. Enquanto as Winx salvam as toupeiras, a pequenina Faragonda transforma Kalshara em uma gatinha. Era de se esperar que uma metamorfa mestre com toda sua magia selvagem não fosse atingida por esse tipo de magia de iniciante. Agora é só as Winx fazerem o mesmo quando encontrarem com ela no futuro e pronto. rs
Brafilius foge com a gatinha Kalshara e sem toupeira. Daí surgem várias questões, que só um enredo de viagem no tempo pode proporcionar. Na linha do tempo original, sem as Winx, o que aconteceu para ela não capturar nenhuma toupeira? Será que todas foram enterradas com o monstro? Será que foi tudo igual, com Faragonda a atingindo e Brafilius fugindo com ela? Provavelmente sim. Mas o principal é porque ela levaria mais de 100 anos para encontrar a única que restou? A explicação pode estar na cena final, quando a diretora tem a péssima ideia de apagar a memória de todos, claro que desde que Kalshara esteja incluída. Então vamos logo para essa parte, que pra mim foi a mais confusa de todo o episódio.
A diretora resolve libertar os animais fada que vivem em Alfea e tem a ideia de usar a magia que restou no hall dos animais para apagar a memória de todos sobre o evento. O motivo seria para que ninguém pudesse usar os animais fadas novamente. Sinceramente não entendi isso muito bem. Ela quer apagar o fato delas usarem os animais como mascotes treinados, a lembrança do roubo da magia pela Kalshara ou ambos? Sinceramente não vejo sentido para algo tão drástico em nenhuma das situações. De que adianta apagar esses acontecimentos da lembrança das alunas e dela? Ela devia tentar descobrir ou impedir os planos da Kalshara e não querer esquecer o que aconteceu. Acho que pelo menos ela tinha que guardar essa lembrança para passar às futuras gerações (diretoras). Outra dúvida é se todos inclui Kalshara e Brafilius. Se incluir, está explicada parte da demora para ela começar a procurar pela toupeira novamente. Mas não tenho certeza sobre nada que escrevi nesse parágrafo. Então vou aguardar pelos próximos episódios para ver se entendo melhor os motivos e efeitos dessa 'brilhante ideia' de apagar as memórias. A única coisa certa é que Faragonda não terá lembranças desses eventos no futuro (presente). Provavelmente essa foi a única razão para colocarem isso no enredo.
No final, elas deixam as toupeiras irem sem nem tentar descobrir seus segredos. Obviamente porque salvaram várias e elas não correm mais risco de extinção no futuro.
Agora vamos ao Butterflix. Não vou me repetir falando sobre a sequência da transformação, já fiz um post sobre o assunto (link). Agora só falta analisar seu enredo.
Tenho que confessar que foi me dando uma aflição ao se aproximar o momento da transformação sem ter tido nenhuma menção a ela. Ri muito quando ela começou do nada, mas a explicação veio em seguida. A natureza concedeu-lhes o poder Butterflix porque elas se mostraram verdadeiras defensoras dos animais fadas. Simples assim! Foi menos pior que um enredo incoerente, mas foi tão... sem graça.
Agora surge a grande questão. Roxy também defendeu os animais e estava junto delas quando as borboletas as envolveram. Então por que ela não ganhou o Butterflix?
Não sei se vai existir alguma explicação para isso no próximo episódio. Provavelmente não. Então teremos que apelar para as teorias. Podemos supor que ela não ganhou o Butterflix por ser uma transformação baseada no poder dos animais e ela já possuir esse poder. Ou que só fadas Enchantix podem conquistar/ganhar transformações superiores. Podemos chamar assim todas que as Winx ganharam a partir da 4ª temporada. Essa teoria é muito combatida por alguns fãs que acham que Roxy já teria o Enchantix, visto que ela salvou várias pessoas da Terra. Mas talvez a transformação final de uma fada só possa ser alvo das estudantes no 3º e último de Alfea e Roxy deve estar nele agora. Seja como for, tudo isso são apenas teorias de fãs para amenizar a ausência de explicações no enredo.

Obs.
Foi interessante ver o professor Wizgiz com a mesma aparência.
Achei estranho só Bloom perceber que a ave em que Kalshara se transformou é a mesma que elas viram no parque. Era tão evidente. Não precisava ser uma grande observadora nem nada. Mas o enredo gosta de fazer as outras Winx parecerem meio tapadas às vezes. rs
Gosto da Roxy e sou a favor de uma maior participação dela nessa temporada, já que envolve animais, mas não quero que ela tenha mais importância que algumas Winx e não vejo necessidade dela ter novas transformações. A única coisa que me incomoda é ela estar com as Winx e não se transformar, como aconteceu no primeiro episódio dessa temporada, mas nos dois seguintes ela se transformou e isso já me satisfaz.
Aisha teve duas falas, Tecna uma e Musa nenhuma. Um absurdo! Tudo bem que o episódio foi mais de Faragonda e Kalshara do que das Winx, mas as outras e Roxy tiveram diversas falas. É por esse tipo de situação que sou contra Roxy ou qualquer outra personagem se tornar uma Winx. Não conseguem dar conta de seis. Será que é tão difícil dividir melhor os diálogos?

Infelizmente o episódio legendado foi excluído do dailymotion